Guia irationline.com.br - Descubra os melhores locais de Irati.

 

Sabor e Saúde Produtos Naturais

 

ESQUADRIAS DE MADEIRA MACHADO

 

Construcenter Materiais de Construção

 

Auto Center e Mecânica do Tio

 

Tratamento Com cone Hindu

 

GESSO IRATI FORROS E PAREDES

 

 

 

COVID19 80 por cento das pessoas internadas têm deficiência de vitamina D diz estudo

 

Publicado em 03/12/2020

 

Desde que passou a assolar a população mundial, a COVID-19 atrai a atenção de especialistas da área da medicina. Por conta disso, vários estudos são levantados dia após dia. Nesta terça (27), uma pesquisa científica feita por membros da Universidade de Cantábria e do Hospital Marqués de Valdecilla (em Santander, Espanha) e publicada no periódico Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism trouxe informações acerca da relação entre a vitamina D e a doença responsável por essa pandemia que vivemos.
De acordo com a análise em questão, baixos níveis da vitamina D foram mais frequentes em um grupo de 216 pacientes internados com a doença em um hospital na Espanha na comparação com 197 pessoas fora do hospital. Os pesquisadores constataram a deficiência de vitamina D entre 82,2% das pessoas hospitalizadas, contra 47,2% no grupo usado para comparação, chamado de "controle".

As pessoas hospitalizadas que estavam com baixos níveis de vitamina D mostraram um percentual maior (26,6%, com 12 dias) de internação em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do que pessoas com níveis satisfatórios de vitamina D (12,8%, com 8 dias no hospital). É interessante ressaltar que no estudo, os hospitalizados com COVID-19 e com baixos níveis de vitamina D tinham justamente maior probabilidade de terem também doenças crônicas.

Os autores notaram uma associação entre a presença da vitamina D e a COVID-19, mas não uma causalidade, então ainda não é possível dizer concretamente que a deficiência de vitamina D leva ao adoecimento ou que o reforço de vitamina D possa proteger contra a doença. "Os níveis de vitamina D devem ser interpretados com cautela, uma vez que a população sob risco de uma infecção pelo (vírus) Sars-CoV-2 grave é provavelmente a mesma sob risco de deficiência de vitamina D", consta no artigo.

Os especialistas que assinaram a análise observam que os resultados publicados indicam que o reforço de vitamina D pode ser importante para grupos sob risco — como idosos vulneráveis a fraturas, osteoporose e perda muscular, mas reiteram que a conclusão obtida se limita a um hospital, o que impede a generalização, pelo menos por enquanto.

Fonte: Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 

Hoje 17 é Dia Internacional de combate à LGBTQ e fobia

 

A Prefeitura de Irati, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social em conjunto com o Conselho Municipal da Juventude, torna visível o dia 17 de maio - data alusiva ao combate a LGBTQ+fobia. No dia 17 de maio de 1990, a Organiza...

 

Pubicada em: 17/05/2021

IPTU está disponível a partir desta segunda 17

 

O Departamento de Tributação da Prefeitura de Irati informa, a todos os contribuintes, que a emissão de carnês do IPTU, ISSQN e Taxas (Vistoria e Funcionamento Regular e de Licença e Localização), está disponível a partir desta seg...

 

Pubicada em: 17/05/2021

Boletim Informativo Covid19 Atualizado em 17 de Maio de 2021

 

Boletim da COVID-19 do Boletim da COVID-19 Dia 17/05 (atualizado às 12h) Fonte: bit.ly/3pzUVj3 EM INVESTIGAÇÃO - 8 CONFIRMADOS – 5.745 INTERNADOS - 53 (Enfermaria:16 | UTI:19 | UPA:18) ISOLAMENTO DOMIC...

 

Pubicada em: 17/05/2021

 

Copyright © 2015 powered by Portal irationline - Todos os direitos reservados.