Guia irationline.com.br - Descubra os melhores locais de Irati.

 

Naturati - Produtos Naturias

 

Mundial Auto Center

 

Serralheria e Vidraçaria BINTCHO

 

ESQUADRIAS DE MADEIRA MACHADO

 

Nutricial Pet Center

 

GORDO AUTO SOCORRO 24H

 

 

Sabor & Sade -Produtos naturais

 

Mal de Parkinson e o marcapasso cerebral que promete acabar com tremores e convulsões causados pela doença

 

Para testar a eficácia do neuroestimulador, a equipe de pesquisa usou-o para identificar e atrasar o movimento de um braço em primatas.

Publicado em 10/01/2019

 

Ao detectar anormalidade, dispositivo monitora atividade elétrica e gera corrente para estimular áreas do cérebro, evitando, assim, movimentos involuntários indesejados.

No mundo, mais de seis milhões de pessoas sofrem de Parkinson, cujo sintoma mais visível são os tremores. É a segunda doença neurodegenerativa mais frequente após o Mal de Alzheimer.

Outros 50 milhões têm epilepsia, que é caracterizada por convulsões. É, segundo a Organização Mundial de Saúde, um dos distúrbios neurológicos mais comuns.

Pesquisadores transplantam células-tronco para cérebro para tratar Parkinson
Mas agora um novo dispositivo, chamado WAND, traz esperança às pessoas afetadas por estas doenças neurológicas: ele promete ser "extremamente eficaz" para evitar tremores e convulsões.

Este neuroestimulador, desenvolvido por cientistas da Universidade da Califórnia em Berkeley, nos Estados Unidos, é capaz de monitorar a atividade elétrica e, simultaneamente, fornecer energia para estimular certas regiões do cérebro se detectar que há uma anormalidade.

Definido como um "dispositivo sem fio de neuromodulação sem artefatos" ("wireless artifact-free neuromodulation device", do qual deriva a sigla que forma seu nome), o WAND monitora a atividade cerebral em 128 pontos ao mesmo tempo, algo que o diferencia dos aparelhos existentes até agora, que chegavam a detectar apenas oito sinais.

"Queremos que o chip saiba qual é a melhor maneira de estimular o cérebro em um determinado paciente. E isso só pode ser feito por meio do controle e gravação de sua atividade neural", explica Rikky Muller, professor assistente de engenharia elétrica e ciência da computação na Berkeley.

Ajustes necessários
Os sinais elétricos que precedem um tremor podem ser extremamente sutis, de modo que a frequência e a intensidade da estimulação elétrica necessária para evitá-lo são delicadas.

O WAND é sem fio e autônomo, o que significa que, quando aprende a identificar sinais de tremor, ajusta os parâmetros de estimulação elétrica por conta própria para evitar movimentos involuntários.

Fonte:
g1.com.br

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 

Carro inteligente tem assistente avatar e muda até cheiro conforme emoção do passageiro

 

Há tempos a CES, maior feira de tecnologia do mundo, foi invadida por novidades para veículos. Na edição deste ano, com carros autônomos mais próximos de virar realidade, os automóveis estão ainda mais "inteligentes" e, como um smar...

 

Pubicada em: 10/01/2019

O que é o HTLV 1 vírus pouco conhecido que atinge mais de 800 mil brasileiros

 

Quando era criança, a estudante de Teologia Erika Grace Piva Archanjo, hoje com 31 anos, tropeçava e caía com frequência, acidentes que ela e sua família atribuíam a algum problema ortopédico. Ela nunca foi ao médico por causa disso...

 

Pubicada em: 03/01/2019

Entenda o que é tecnologia quântica o novo campo de batalha entre EUA e China

 

A informação circulou apenas em veículos especializados: o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia dos Estados Unidos publicou, em setembro, sua nova estratégia para o desenvolvimento da Ciência da Informação Quântica (CIC). O...

 

Pubicada em: 30/12/2018

 

Copyright © 2015 powered by Portal irationline - Todos os direitos reservados.